• Victor Barboza

Nubank anuncia duas importantes mudanças na conta digital




O Nubank é uma das fintechs mais queridas dos brasileiros. O "roxinho", apelido que gnahou por conta da sua cor, foi criado em 2013, num primeiro momento apenas com um cartão de crédito desvinculado de bancos. Naquele ano, o empreendedor David Vélez, que morava em São Paulo, precisou abrir uma conta bancária, porém teve uma experiência muito ruim. Neste cenário, o Nubank foi criado para trazer a melhor experiência bancária possível para seus clientes.


"Revoluções" no sistema financeiro


O Nubank foi um dos grandes pioneiros de grandes transformações no sistema financeiro. A primeira delas foi justamente através da criação de um cartão de crédito, num primeiro momento desvinculado de qualquer banco, sem tarifas e focado, principalemnte, em gerar uma boa experiência ao usuário. E tudo isso por meio do aplicativo!


Ainda no cartão, veio também outra grande novidade: o Rewards. Diferente dos programas de milha tradicionais, o Nubank trouxe a possibilidade dos usuários "apagarem" valores de suas faturas, através do acúmulo de pontos. Também surgiu a possibilidade de antecipar parcelas, com a recompensa de ganhar descontos.


O "roxinho" foi caindo nos braços das pessoas e acabou construindo uma legião de fãs. Novas soluções foram sendo adicionadas aos poucos, contribuindo com a proposta de valor da empresa. Num segundo momento, veio a possibilidade de transformar apenas o cartão de crédito em uma conta digital. Antes mesmo do Pix existir, a conta já veio com a proposta de ser isenta de taxas, inclusive para a realização de TEDs.


Outra grande novidade que surgiu junto com a conta digital foi a possibilidade do saldo da conta corrente render automaticamente. Em outras palavras, todo o dinheiro que o usuário deixasse em sua conta corrente do Nubank passava a render automatamente 100% do CDI, ganhando, inclusive, da Poupança. Dentro desta conta, foi criado também o "Dinheiro Guardado", uma espécie de cofrinho que separava o dinheiro principal, da conta corrente, para ser investido, podendo ter maiores rendimentos conforme aumentava-se o prazo de vencimento da aplicação.


Alterações importantes


Uma das grandes demandas dos usuários em relação ao "Dinheiro Guardado" era da possibilidade de separar os investimentos em diferentes "caixinhas", pensando nos objetivos. E o Nubank resolveu atender! A partir do dia 25 de Julho o Nubank lança as "Caixinhas". O usuário poderá dar nomes diferentes para cada uma, de acordo com a finalidade do seu investimento, e definir quanto de dinheiro vai guardar em cada uma.


Cada uma das Caixinhas terá diferentes possibilidades de rendimento, pré sugeridas de acordo com seus objetivos, indo desde opções com rendimento todos os dias úteis a 100% do CDI, até a um fundo com potencial de rendimento acima de 100% do CDI ao longo do tempo.


E a segunda grande mudança é em relação ao rendimento automático da conta corrente: o rendimento automático da conta e no Dinheiro Guardado vai continuar, mas de um jeito diferente, já que apenas o dinheiro que permanecer por mais de 30 dias vai render 100% do CDI automaticamente todos os dias úteis.


Desta forma, o dinheiro de novos depósitos que ficar por mais de 30 dias na conta ou no Dinheiro Guardado terá rendimento de 100% CDI. No 31º dia após o depósito, você terá à disposição o rendimento total que esse valor teve nesses 30 primeiros dias. Após esse período inicial de 30 dias, o valor passa a render todos os dias úteis.




49 visualizações0 comentário