• Victor Barboza

Queda do dólar: como aproveitar as fintechs para comprar e investir na moeda




Apesar do real ser a moeda oficial do Brasil, o dólar é uma moeda que sempre está no radar dos brasileiros. Por ser a principal moeda mundial, ele acaba gerando impactos em vários outros ativos.


Por exemplo, quando falamos de bens de consumo, diversos itens acabam tendo seus preços variando em função do dólar, seja por serem importados, seja por conta da matéria-prima, visto que várias delas têm seus preços referenciados em dólar.


Os combustíveis também sentem os impactos do dólar, visto que o petróleo é uma commodity, logo, o preço do barril é definido internacionalmente atrelado ao dólar.


A própria bolsa de valores também tem uma relação com o dólar. Na verdade, chamamos essa relação de correlação negativa: de maneira geral, quando o dólar sobe, a bolsa desce, e, quando o dólar cai, a bolsa sobe. O principal fator que explica estes movimentos é justamente a presença da moeda e dos investidores estrangeiros aqui no Brasil, o que faz o Real ficar mais forte ou mais fraco.


O Real nasceu "atrelado" ao Dólar


O Plano Real foi implementado no Brasil em 1994. Dizemos que ele teve um grande sucesso pois conseguiu reduzir a inflação, que assombrava os brasileiros até então. Um dos fatores primordiais que fez o Plano Real dar certo foi justamente a indexação do real ao dólar. O nome Real vem justamente da expressão Unidade Real de Valor (URV).


Com o tempo, o real foi sendo desindexado e o dólar passou a flutuar mais livremente, porém, ainda assim, até hoje, o Banco Central é a instituição responsável por monitorar e manter um controle.


Comprar e vender dólar por meio de fintechs


Antes da digitalização e do nascimento das fintechs, comprar e vender dólar acaba sendo algo físico e realizado principalmente por meio das casas de câmbio. Com a digitalização, diversas alternativas práticas foram surgindo, permitindo a compra da moeda estrangeira por meio 100% digital.


Na categoria Câmbio, lá no nosso portal, você pode conferir todas as fintechs que oferecem soluções para compra e venda, remessas online e cartões pré-pagos.


Para quem está querendo comprar dólar, antes de tomar qualquer ação, alternativas muito interessantes e que podem gerar boas economias são os comparadores. Neles, é possível informar a sua localização e ele mostrará quais são os locais com as melhores cotações: Câmbio Store, Melhor Câmbio, Meu Câmbio, Supercâmbio.


Contas Digitais Globais/Internacionais


Se você não quer comprar o dólar em espécie, mas gostaria de ter um saldo bancário na moeda, e, ainda, ter um cartão de débito que pode ser utilizado fora do país, isto é possível por meio das contas digitais globais/internacionais.


O C6 Bank oferece a Conta Global, sendo uma delas em dólar e a outra em euro. Por meio dela, é possível fazer compras, saques e remessas internacionais, com tarifas mais baixas do que as cobradas nos cartões de crédito internacional.


E o Banco Bs2 possui o BS2 Go!, uma Conta Internacional em dólar com cartão de débito internacional.


Investimentos em dólar via fintechs


Se você não precisa comprar câmbio, mas, gostaria de fazer investimentos aproveitando as variações da moeda, isto é mais do que possível! Existem algumas modalidades que permitem isto!


Uma primeira opção de investimento é por meio das corretoras digitais. Nelas, é possível encontrar fundos cambiais, fundos internacionais e os BDR (Brazil Depositary Recipts). Estes últimos são certificados de depósito de valores mobiliários emitidos no Brasil que representam valores mobiliários de emissão de companhias abertas com sede no exterior. Ou seja, por meio de BDR's você pode investir em empresas como Disney, Google, Facebook e Coca Cola.


Todos os investimentos anteriores, apesar de terem uma relação co dólar, são feitos em real, Agora, caso você queira investir diretamente em dólar, em ações e ETF's internacionais, isto também é possível, através das corretoras internacionais que abrem contas para estrangeiros: Passfolio, Avenue e Stake.


Quer conhecer mais sobre estas soluções? Acess nosso site e confira!




11 visualizações0 comentário