• Victor Barboza

Empreendedores e Fintechs: um "casamento" perfeito

Atualizado: 28 de jan.




Só quem empreende ou já empreendeu sabe o quão desafiador é este cenário aqui no Brasil. Muitas pessoas acham que a vida de um empreendedor se resume a ter um título de “empresário”, não ter chefe e fazer os horários que quer, porém, aí é que está o engano. Muito mais do que isso, de cara, um empreendedor precisa investir seu dinheiro, seu tempo, seu conhecimento e sua criatividade no negócio.


Diferente dos grandes negócios, o pequeno negócio possui recursos bem mais escassos, sejam eles recursos materiais, recursos financeiros ou recursos humanos. E, o empreendedor precisa se lembrar que o negócio próprio é um investimento, e, mais do que isso, um investimento de alto risco. Logo, ele pode dar um retorno muito maior do que qualquer outro tipo de investimento disponível no mercado. Porém, ao mesmo tempo, justamente pelo alto risco, muitas vezes esse retorno não é consolidado.


Os pequenos empreendedores possuem uma enorme importância aqui no Brasil. De acordo com o Sebrae, estes geram 27% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, 52% dos empregos com carteira assinada, 40% dos salários pagos. Também de acordo com o Sebrae, em 2020, 85% das empresas que foram abertas eram microempresas e 15% empresas de pequeno porte.


As dificuldades de empreender

Porém, apesar de sua grande importância, os empreendedores possuem uma série de dificuldades. De acordo com a pesquisa Sobrevivência de Empresas (2020), feita pelo Sebrae, as empresas que mais fecham são as pequenas: MEI (29%), microempresas (21,6%) e empresas de pequeno porte (17%).


Os principais motivos que levam ao fechamento destas empresas, estão, na maioria dos casos, relacionados à problema de gestão. De acordo com a pesquisa Causas Mortis, do Sebrae, os principais motivos alegados para o fechamento de pequenas empresas são: falta de capital/lucro (19%), encontrou outra atividade (14%), falta de clientes (9%), problemas de planejamento e gestão (8%).


Fintechs: soluções para vários problemas


As fintechs foram surgindo justamente para atender problemas anteriormente não supridos pelas soluções financeiras tradicionais. Se formos olhar para algumas décadas atrás, quando se falava de ERP, só existiam soluções voltadas para os grandes negócios, por conta dos custos e da complexidade. Nos serviços bancários, vários bancos cobravam tarifas salgadas e não possuíam produtos específicos para os empreendedores. Na contabilidade, era difícil achar soluções dinâmicas e com bom custo-benefício.


Várias fintechs foram percebendo cada uma das dores destes empreendedores e passaram a oferecem diversas soluções, que hoje mostram-se como verdadeiros aliados dos pequenos negócios. Confira abaixo algumas categorias destas soluções:


Gestão Empresarial


· Gestão Financeira

o Soluções: sistemas e aplicativos para gestão financeira de micro, pequenos e médios negócios. Por meio destes, é possível encontrar funcionalidades extras como gestão de estoque, gestão de vendas, emissão de notas fiscais, emissão de boletos, conciliação bancária, relatórios.


· Contabilidade Online

o Soluções: plataformas para contabilidade online, com abertura e migração de empresas, além da contabilidade mensal.


· Precificação

o Soluções: plataformas para realização da formação de preços de produtos e/ou serviços


· Suporte

o Soluções: terceirização de serviços financeiros (BPO), soluções de controladoria e tesouraria, soluções fiscais.


Cartões


· Crédito

o Soluções: cartões de crédito corporativos


· Pré-Pagos

o Soluções: cartões pré-pagos corporativos


Crédito


· Empresarial

o Soluções: plataformas para empréstimos e financiamentos para empresas


· Marketplace

o Soluções: plataformas para comparação de produtos de crédito


Crowdfunding


· Equity Crowdfunding

o Soluções: plataformas para captação de investimentos


Dívidas


· Negociação de dívidas

o Soluções: plataformas para negociação de dívidas junto a clientes ou fornecedores


Fidelização


· Benefícios para colaboradores

o Soluções: oferecimento e controle de benefícios para colaboradores, como plano de saúde, vale alimentação, vale refeição, vale transporte e outros


· Programas de Fidelidade

o Soluções: programas de cashback e descontos para fidelização de clientes


Investimentos


· Corretoras

o Soluções: plataformas para realização de investimentos através de conta jurídica


· Robôs

o Soluções: plataformas para realização de investimentos em objetivos


· Compra e Venda de Empresas

o Soluções: marketplaces para anunciar ou comprar negócios


Meios de Pagamento


· Apps de Pagamento

o Soluções: aplicativos para recebimento de pagamentos


· Soluções de Pagamento

o Soluções: plataformas para cobrança e recebimento de pagamentos, via link de pagamentos (online) ou maquininha de cartão


Seguros


· Contratação de Seguros

o Soluções: seguros empresariais e para colaboradores


· Marketplaces e Comparadores

o Soluções: plataformas para comparação de seguros


Para você ter uma noção deste universo de soluções, de acordo com nosso levantamento, existem mais de 700 fintechs com algum tipo de solução voltada para as empresas. Portanto, se você está com alguma dificuldade ou quer buscar uma melhor opção para o seu negócio, não deixe de conhecer as soluções existentes. Visite nosso site e confira!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo