top of page

Surpreendente! Confira quantas fintechs existem no Brasil neste momento

Atualizado: 9 de out. de 2023

Se em nível mundial as fintechs causaram uma grande revolução, aqui no Brasil o resultado foi ainda mais intenso! Confira abaixo como está o momento do movimento das fintechs aqui no nosso país.

mapeamento

Início do movimento fintech


Embora não haja um consenso absoluto sobre o início do movimento fintech, muita gente aponta como 1998 o marco inicial. Foi neste ano que, para muitos, a primeira fintech do mundo foi criada. Trata-se do PayPal, que surgiu lá nos EUA e até hoje é uma das grandes referências mundiais.


Aqui no Brasil, a coisa não fica muito diferente. No final da década de 90 e começo dos anos 2000, com o fortalecimento da internet, diversas soluções que uniam finanças e tecnologia começaram a dar suas caras, como por exemplo, as primeiras corretoras de investimentos digitais.


Desta forma, no atual mapeamento, foram consideradas as iniciativas criadas ou pivotadas (que tiveram seu modelo de negócios transformado) a partir de 1998.


Mas o que são fintechs?


A expressão fintech foi criada a partir da junção das palavras Finance (finanças) e Technology (Tecnologia), ou tecnologia financeira. Basicamente, as fintechs foram surgindo para transformar o mercado financeiro tradicional, no lugar das burocracias, centralização, concentração e do presencial passaram a dar lugar para o universo digital, a experiência do usuário, a inclusão e a personalização.


Neste mapeamento, foram consideradas as iniciativas que possuem modelo de negócios que oferecem soluções financeiras majoritariamente digital, que possuem uma plataforma própria para oferecimento de produtos e serviços.


Mapeamentos anteriores


Aqui, reforçamos o agradecimento a outras iniciativas que fizeram mapeamentos de fintechs brasileiras antes mesmo da Fincatch ser criada. Seguem algumas destas evoluções:




Categorias


Com o fortalecimento do movimento, várias fintechs foram crescendo, inclusive, agregando novas soluções em seu portfólio. Porém, para a contabilização, as fintechs foram inseridas nas categorias que representam a sua solução principal. A distribuição ficou: Gestão Empresarial (19,90%), Crédito (13,99%), Meios de Pagamentos (13,61%), Tecnologia (10,47%), Contas Digitais (8,30%), Investimentos (8,03%), Seguros (5,31%), Fidelização (4,28%), Criptomoedas (4,12%), Crowdfunding (3,90%), Finanças Pessoais (3,25%), Dívidas (2,44%), Câmbio (1,25%) e Cartões (1,14%).


Melhores Fintechs de 2023


As 1.844 fintechs mapeadas estão disputando o Prêmio Fincatch Melhores Fintechs 2023. Trata-se da 3ª edição da premiação das 3 melhores fintechs de cada categoria.


Quer conferir o mapeamento completo? Acesse-o gratuitamente aqui!


588 visualizações0 comentário

コメント


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page