• Victor Barboza

15 fintechs para aproveitar melhor a Black Friday

Atualizado: 28 de jan.




A Black Friday está chegando e muitos consumidores já estão se preparando para aproveitar descontos e até antecipar as compras de Natal. Porém, muita gente sabe que todo cuidado é necessário nestas horas, pois muitas promoções são “pegadinhas”, além de sites falsos que são criados. Até por isso, algumas piadas como “Black Fraude” ou “Tudo pela metade do dobro” são feitas em relação a esta data. Pensando nisso, traremos neste post algumas soluções para te ajudar a ter uma boa Black Friday.


A Black Friday


A Black Friday tem sua origem nos EUA, e ocorre na última sexta-feira do mês de novembro, pós feriado de Ação de Graças. Originalmente, a partir de 1869, a expressão foi criada para se referir a crises na Bolsa de Valores.


Há também uma versão da origem da data relacionada ao caos no trânsito após o feriado de Ação de Graças. O apelido “sexta-feira negra” foi criado por policiais da Filadélfia, na década de 60.


A Black Friday como conhecemos hoje foi se popularizar a partir de 1980, quando lojistas passaram a encaram o dia como uma oportunidade para aumentar suas vendas e seus lucros. Tratava-se de uma data que marcava o início das compras de final de ano.

No Brasil, a primeira edição da Black Friday ocorreu em 2010, naquele ano, num formato 100% online. Desde então, a data foi caindo no conhecimento dos brasileiros, e passou a ser, então, uma das datas mais importantes para o comércio nacional.


A “Black Fraude”


Com a popularização da data por aqui, praticamente todos os setores de comércio e serviço passaram a aderir ao movimento. Tanto é que, em muitos casos, a Black Friday, que até então era um único dia, passou a se estender para “Black Week”, na semana toda, ou até “Black November”, durante todo o mês de novembro.


Porém, existem muitos casos de pegadinhas, falsos descontos e até lojas falsas.

Além disso, o consumidor deve se planejar financeiramente, pois o excesso de promoções pode, no final das contas, trazer complicações para o bolso, comprometendo o orçamento.


Fintechs para te ajudar na Black Friday


Confira abaixo algumas fintechs que podem te ajudar a aproveitar melhor a Black Friday:


· Méliuz

o O que oferecem: cupons de desconto e dinheiro de volta (cashback)


· Mooba

o O que oferecem: cupons de desconto e cashback


· Cuponeria

o O que oferecem: cupons de desconto e cashback


· Dotz

o O que oferecem: pontos e cashback


· Ganhe de Volta

o O que oferecem: cupons de desconto e cashback


· Eu Amo Cupons

o O que oferecem: cupons de desconto


· Banco Inter

o O que oferecem: marketplace com diversas lojas parceiras, com descontos e cashback


· Ebanx

o O que oferecem: marketplace com diversas lojas parceiras, com descontos e cashback


· C6 Bank

o O que oferecem: marketplace com diversas lojas parceiras, com descontos e cashback


· PicPay

o O que oferecem: cashback para pagamento em estabelecimentos parceiros


· Ame Digital

o O que oferecem: cashback para pagamento em estabelecimentos parceiros


· Mercado Pago

o O que oferecem: cashback para pagamento em estabelecimentos parceiros


· Next

o O que oferecem: marketplace com diversas lojas parceiras, com descontos e cashback


· Bitz

o O que oferecem: cashback para pagamento em estabelecimentos parceiros

o


· PagBank

o O que oferecem: marketplace com diversas lojas parceiras, com descontos e cashback


Além das fintechs acima, outras excelentes soluções que são grandes aliadas do consumidor são os buscadores de preço. Plataformas como Buscapé, Google Shopping, Zoom e Bondfaro auxiliam na comparação e no histórico de preços.

32 visualizações0 comentário