• Fincatch

Fintech CondoConta anuncia uma importante mudança; confira




A fintech CondoConta, banco exclusivo para condomínios que auxilia síndicos e gestores condominiais brasileiros na gestão financeira, acaba de anunciar um novo diretor para cuidar da área financeira da startup. A empresa conta agora com Luciano Bernardi, novo Chief Financial Officer (CFO).


Luciano é Engenheiro de Produção Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina, atuou com executivos do mercado de Banking & Financial Services na Michael Page International, maior consultoria de RH do mundo, e também escalou importantes empresas especializadas no mercado financeiro como BTS Partners e Arazul Capital, sendo ainda sócio da Arazul.


Antes de assumir o cargo oficial de diretoria, Luciano já atuava com advisor de funding, risco e crédito, tendo participado das duas estruturas importantes de capital para o mercado condominial lançadas pelo banco CondoConta, um FIDC no valor de R$50 milhões com a Galápagos Capital e Debêntures no valor de R$20 milhões com a Empírica, somando R$70 milhões para financiar os condomínios que desejavam realizar melhorias e garantir fluxo de caixa saudável eliminando a inadimplência.


Luciano passa a liderar as estruturas de Controladoria & Finanças, Crédito & Risco, Banking e Relações com Investidores. O desafio é, de forma estratégica, direcionar o planejamento e os processos das áreas para o crescimento saudável dos unit economics da startup, alinhado às expectativas dos shareholders, viabilizando a estrutura de capital necessária para atender as demandas de crescimento da companhia.



Sobre o CondoConta


O CondoConta é um banco exclusivo para condomínios, e leva transparência, eficiência e segurança aos gestores condominiais, melhorando a vida e a relação entre os condôminos. A fintech oferece uma conta completa, com transações e emissão de cotas condominiais mensais, além de produtos pensados especialmente para solucionar outras dores de síndicos, condôminos e administradoras de condomínios, como a prestação de contas em tempo real, automação de boletos e balanços, crédito para financiamentos, seguros e antecipação da cota condominial. Atualmente presente em condomínios de todos os estados do Brasil, o CondoConta responde por mais de R$ 250 milhões de reais em transações e R$90bi em gestão de patrimônio condominial. Em 2021, a fintech recebeu três aportes, dois da Redpoint eVentures, em conjunto com a Darwin Startups, e outro da Igah Ventures, que tem unicórnios como Infracommerce e Único no portfólio, os aportes somam R$22,6MM. A fintech também levantou R$20 milhões com a Empírica e R$50 milhões com a Galápagos, somando R$70 milhões para emprestar aos condomínios que queiram realizar melhorias ou resolver sua inadimplência. Ao todo, são R$92,6 milhões em aportes.

337 visualizações0 comentário