top of page
  • Foto do escritorFincatch

LoopiPay anuncia integração com a Klaytn e passa a vender criptomoedas e tokens da blockchain




A LoopiPay, fintech brasileira que ajuda as pessoas a comprar e vender tokens de cripto diretamente na sua carteira, de maneira rápida, segura e livre de taxas ocultas, anuncia a compra e venda de tokens da blockchain Klaytn (KLAY) em sua plataforma.


A KLAY é uma moeda virtual (criptomoeda) negociada de forma on-line que permite pagamentos através de transações sem intermediários, com um baixo custo e de forma segura. A rede KLAY usa uma combinação única de três blockchains em um, teoricamente permitindo que seja dimensionado facilmente.


“A Klaytn vem crescendo muito nos últimos meses e era uma das blockchains mais aguardadas pelos usuários da LoopiPay. Está sendo muito acolhida por empresas e instituições, o que tem aumentado muito o interesse da blockchain”, revela Ricardo Bechara, CEO da LoopiPay.


O Klaytn foi projetado para ser uma plataforma de lançamento para soluções do metaverso no mundo real. O principal objetivo da criptomoeda é reunir a funcionalidade exclusiva das blockchains públicas e privadas e com isso fornecer aos clientes o melhor dos dois mundos. Para isso, o projeto possui uma interface mais acessível, com uma experiência geral do usuário que se destaca, oferecendo suporte total aos clientes, sem complicações.


Além disso, a KLAY tenta manter a base do projeto no atendimento a clientes empresariais, dessa forma, facilitando ainda mais a adesão de novos clientes ao projeto, portanto, essa criptomoeda possui a experiência necessária para acomodar qualquer ideia e levar a blockchain para grandes estruturas empresariais.


Atualmente, a LoopiPay conta com mais de 2000 tokens disponíveis no site e nas blockchains Polygon, Avalanche, Ethereum, Solana, Ronin e Binance, além de lançamentos semanais de novos tokens. A taxa varia entre 0,6% e 3% sobre o valor da transação, dependendo do montante da transação, além da taxa de gás de rede, que é repassada para os mineradores.

25 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page