top of page

Atenção! Emissão de Notas Fiscais para MEIs tem grandes mudanças a partir de agora


mei


A rotina dos Microempreendedores Individuais (MEIs) está prestes a ser impactada por uma mudança significativa no processo de emissão de notas fiscais. A partir de setembro, a emissão de notas fiscais eletrônicas (NFS-e) para MEIs será centralizada pelo sistema nacional. A medida tem como objetivo simplificar e tornar mais eficiente o cumprimento das obrigações tributárias para esse grupo em crescimento no cenário empreendedor brasileiro.

A iniciativa visa uniformizar e padronizar o procedimento de emissão de notas fiscais, eliminando a necessidade de lidar com sistemas distintos de cada município. O novo sistema gratuito permitirá aos MEIs emitir a NFS-e de forma simplificada e acessível, diretamente do portal gov.br/nfse ou por meio do aplicativo disponível para dispositivos Android e iOS. O cadastro no Portal Nacional de emissão de NFS-e é necessário, e a ferramenta também possibilita a emissão mesmo em locais sem acesso à internet.

Fernando José, contador da Agilize Contabilidade Online, enfatizou que a mudança traz comodidade ao processo de emissão de notas fiscais, uma vez que todas as emissões serão centralizadas em um único portal. Segundo ele, "Afeta de forma muito positiva, toda emissão de NF será concentrada em um único portal, com isso gera muita comodidade na hora da emissão, com o nosso App o contribuinte emite as NFS pelo celular, se fosse na prefeitura precisaria do uso de uma máquina."

Além disso, a Agilize Contabilidade Online desempenha um papel crucial na simplificação das operações para MEIs. Através do aplicativo desenvolvido pela Agilize, os empreendedores podem não apenas emitir notas fiscais, mas também acessar guias de pagamento, cartão CNPJ e realizar declarações anuais, tudo a partir de um dispositivo móvel. Essa abordagem visa tornar mais ágil e acessível o cumprimento das obrigações inerentes à categoria MEI.

Essa mudança se alinha a uma série de transformações que os MEIs têm enfrentado recentemente, incluindo a possibilidade de ampliação do teto de faturamento, atualmente em R$ 81 mil, para R$ 144,9 mil. Essas mudanças refletem a adaptação do governo às necessidades e realidades em constante evolução dos empreendedores individuais no Brasil.

À medida que o cenário empreendedor passa por essas mudanças, os empreendedores buscam soluções práticas e eficazes para se adaptarem a essas transformações, simplificando processos e garantindo que permaneçam em conformidade com as novas regulamentações. A centralização da emissão de notas fiscais e o desenvolvimento de ferramentas tecnológicas como o aplicativo refletem um compromisso contínuo da Agilize em apoiar e fortalecer a comunidade empreendedora.

10 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page