top of page

Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO


listagens


O Mercado Bitcoin (MB) anuncia a listagem de três ativos em sua plataforma: BVM Network (BVM), Realio (RIO) e Aevo (AEVO). As novidades, uma segunda camada do Bitcoin, um projeto de RWA e mais um projeto de finanças descentralizadas, respectivamente, chegaram à exchange nesta semana e já estão disponíveis para negociação.


"Comprometidos em inserir cada vez mais pessoas à economia digital, estamos sempre atentos a novos ativos e criptomoedas que possam ser interessantes para quem busca por diversificação de carteira de investimentos", afirma Lucca Benedetti, responsável por listagens no MB.


A BVM Network (Bitcoin Virtual Machine) é uma nova arquitetura blockchain que visa tornar o Bitcoin mais acessível e escalável. O projeto propõe a criação de um metaprotocolo modular que permite o lançamento de protocolos blockchain Bitcoin L2 com facilidade, abrindo caminho para diversas aplicações, como DeFi, jogos, NFTs, pagamentos e DAOs. O token BVM nativo da rede concede direitos de governança, possibilitando que investidores participem das decisões relacionadas ao desenvolvimento do projeto.


A Realio é uma empresa de private equity digital que utiliza tecnologia blockchain para oferecer uma plataforma completa para criação, gerenciamento e aportes em ativos digitais. Portanto, a plataforma facilita a tokenização de ativos, emissão de tokens e negociação no mercado secundário, democratizando o acesso a investimentos alternativos. O RIO funciona como um token de utilidade, podendo ser utilizado para pagamento de taxas de transação, emissão de tokens e staking.


A Aevo é uma plataforma descentralizada de alta performance para derivativos, com foco em opções e contratos perpétuos. A Aevo se destaca por suas baixas taxas e baixa latência ao mesmo tempo em que melhora significativamente a liquidez e a eficiência de capital. O token nativo AEVO é utilizado para staking e participação na governança do projeto.


"Como a maior plataforma de ativos digitais da América Latina, estamos há 10 anos ajudando a impulsionar a adoção da tecnologia blockchain e a chegada de BVM, RIO e AEVO possibilita aos clientes explorarem novas fronteiras no universo dos criptoativos", afirma Benedetti.

4 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page