top of page

Mudança no comando: ex-CEO do Banco Carrefour, passará para o comando da Fintech Magalu



O comando de Carlos Mauad se dará em uma Fintech do grupo Magazine Luiza. A Fintech é similar ao que já vemos no Mercado Pago, do Mercado Livre. A direção atual é de Frederico Trajano e o grupo deve anunciar a mudança na liderança nos próximos dias.

A notícia foi apurada pelo NeoFeed. Segundo o jornalista, as fontes revelaram que Mauad já fez o anúncio de sua saída no Banco Carrefour. No Magalu, sua atuação será para impulsionar a nova Fintech – que pretende ser a nova estrela do grupo.


Levantamento feito no balanço financeiro do Magazine Luiza, apurou que a Fintech já dispõe de quase 9 milhões de contas digitais e cerca de 7 milhões de cartões emitidos. O TPV da empresa já é 39% maior em 2022 do que em 2021, sendo cerca de R$90 bilhões.


Os números expressivos não param aí. Em relação ao cartão de crédito os aumentos foram, de 2021 para 2022, de quase 18% na carteira – atingindo mais de R$20 bilhões –, e 30% no faturamento, registrando R$54 bilhões.


Os aumentos, apesar de significativos, se comparados com a Fintech similar, Mercado Pago, demonstram um crescimento de curva menos acentuada.


Os números do Mercado Pago, para melhor comparação: no ano de 2022, a receita foi de R$ 4,7 bilhões – 50% maior que no ano anterior, 2021; as transações subiram cerca de 60% - de R$77 bilhões para R$ 123,5 bilhões; o número de usuários foi para 44 milhões, sendo que cerca de 22 milhões têm conta digital na Fintech.


Voltando à escolha da liderança, Carlos Mauad não foi uma escolha casual. O diretor tem em seu currículo empresas como Citi e Smiles. Além disso, sua escolha para o Banco Carrefour, onde atuou desde 2018, foi decisiva para uma mudança cultural interna, além de ter levado a uma série de lançamentos.


É possível perceber a evolução com a liderança de Mauad. Entre os seus principais lançamentos estão a conta digital, produtos financeiros do Sam's Club, máquina de cartões do Atacadão e uma corretora de seguros.


E os números não mentem. Em 2018, o faturamento total com cartão no Banco era em torno de R$25 bilhões. Em 2022, chegou ao número de R$52,7 bilhões!


A carteira de crédito seguiu a mesma lógica, com aumento significativo de mais de 50%. Passou de R$8,4 bilhões para R$19,5 bilhões. O ebit ajustado era de R$874 milhões e foi para R$988 milhões. O lucro líquido era de R$414 milhões e chegou a R$534 milhões.

Ainda que o histórico não seja garantia, é impossível negar os números significativos do diretor.


No dia 11 de abril de 2023, dia da notícia sobre o líder, o Magazine Luiza fechou o pregão com as ações em alta a R$3,78, aumento de 12,85%. A queda dos papéis da empresa já estão acumuladas desde 2021, em 84,8%. Mesmo assim, o valor de mercado da instituição está em R$25,5 bilhões, um aumento de 38%, no ano.


32 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page