• Victor Barboza

4 fintechs para te ajudar a alcançar a sua independência financeira

Atualizado: 28 de jan.




Nesta semana comemorou-se a Independência do Brasil, no dia 7 de Setembro. Porém, neste artigo, traremos um outro tipo de independência: a Independência Financeira!

A independência financeira é o sonho de muita gente, pois, ser independente financeiramente é não precisar trabalhar mais para se sustentar. O trabalho passa a ser um “hobbie”, pois, com os recursos próprios, o indivíduo já tem a capacidade de se sustentar pelo resto da sua vida.


Como chegar na independência financeira?


Esta é a pergunta que muita gente gostaria de ser capaz de responder, mas pode parecer algo tão distante, que a busca pela resposta acaba sendo deixada de lado. Para alcançar a independência financeira, o primeiro passo é através da construção de uma “base” chamada Educação Financeira.


Com os princípios básicos da educação financeira, como planejamento, controle de gastos, poupar e investir, cria-se o ferramental necessário para a trilha rumo à independência financeira.


Em relação ao planejamento, é preciso levantar os seguintes fatores:


· Gastos mensais

· Objetivos

· Renda


A partir destes valores, você estará apto a fazer o seu orçamento mensal, e, respectivamente, conseguirá projetá-lo para o restante de sua vida. Lembre-se de considerar a inflação, pois, com o passar do tempo, há aumento dos preços, tornando o custo de vida mais alto.


O passo seguinte deste planejamento é o de poupar, e, respectivamente, investir, para atingir este objetivo. Pense que você tem um valor a ser alcançado, que, metaforicamente, pode ser comparado à uma garrafa de água que você quer encher. Para enchê-la, você vai colocando gota por gota, que, neste caso, são justamente os investimentos mensais.


O grande segredo para conseguir encher essa garrafa é o desenvolvimento do hábito de poupar e investir. Se você conseguir ter uma boa regularidade, você perceberá que a garrafa vai enchendo de mês em mês, de ano em ano, até que esteja 100% completa.


Robôs investidores: grandes aliados para consolidar o hábito de investir e alcançar objetivos


Os chamados “Robôs Advisors” são representados por plataformas que criam um portfólio de investimentos automático personalizado para cada cliente. Neste caso, ao invés de existir um gestor, há um algoritmo que usa informações fornecidas pelo usuário, como perfil de risco, valor do objetivo e prazo, para criar uma carteira diversificada.


Além disto, este tipo de plataforma tem outras boas vantagens, como por exemplo taxas de administração mais baixas e a baixos valores para fazer investimentos. Estas plataformas também possuem mecanismos para ajudar o investidor a consolidar seus hábitos, com envios de e-mails para lembrar sobre os aportes.


Em relação à segurança, estas plataformas, conhecidas como Gestoras Digitais de Investimentos, são autorizadas e fiscalizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, a conta costuma ser unidirecional, permitindo que os valores sejam transacionados apenas por contas de mesmo CPF.


Desta forma, o seu objetivo da independência financeira pode ser incluído em uma destas fintechs, já que haverá um “potinho” voltado especificamente para este objetivo, os cálculos serão feitos e haverá sempre lembretes para os aportes. Confira alguma destas opções:


· Monetus


  • Investimentos: fundos de investimentos

  • Número de clientes: + 60 mil

  • Valor mínimo: R$ 100

  • Taxas

  • Fundo de renda fixa Monetus: taxa de administração de 0,3% ao ano;

  • Fundo de ações Monetus: taxa de administração 2,0% ao ano + 20% sobre o que superar o Ibovespa;

  • Fundo Multimercado e Debêntures Incentivadas: 0,6% ao ano + 10% sobre o que superar o CDI;

  • Títulos de crédito privado: 0,3% ao ano de taxa de gestão

  • Diferenciais: possui também conta para Pessoa Jurídica


· Warren (carteiras)

  • Investimentos: fundos de investimentos

  • Número de clientes: + 200 mil

  • Valor mínimo: R$ 100

  • Taxas

  • Planos Warren e Warren+ (investimentos até R$ 300 mil): 0,7% ao ano

  • Plano Warren x (investimentos a partir de R$ 300 mil): 0,6% ao ano

  • Diferenciais: possui também a Conta Warren e cashbacks


· Magnetis

  • Investimentos: fundos de investimentos

  • Valor mínimo: R$ 1 mil

  • Taxas

  • Plano Digital (investimento a partir de R$ 1 mil) e Plano Advisor (investimento a partir de R$ 200 mil): taxa única de gestão de 0,6% ao ano

  • Plano Infinity (investimento a partir de R$ 1 milhão): taxa personalizada

  • Diferenciais: cashback


· Monis

  • Investimentos: renda fixa (100% do CDI)

  • Valor mínimo: R$ 25

  • Taxa: não tem

  • Diferenciais: aportes automáticos via cartão de crédito

E aí, pronto para alcançar a sua independência financeira?

13 visualizações0 comentário