top of page

Bitcoin supera os US$52.000 impulsionado pelo otimismo do mercado


bitcoin


O preço do Bitcoin superou os US$52.000, pela primeira vez desde dezembro de 2021, prendendo ainda mais a atenção do mercado financeiro. Aqui no Brasil, o Bitcoin representou 58% das compras de criptomoedas, segundo pesquisa recém publicada pela Bitso, empresa líder da América Latina em serviços financeiros baseados em cripto, que analisou o comportamento de sua base de 8 milhões de usuários durante a segunda metade de 2023.


O comportamento do Bitcoin tem sido motivado por três marcos importantes no mercado cripto:


O halving 2024


Trata-se de um acontecimento pré-programado que ocorre a cada 210.000 blocos minados (aproximadamente a cada quatro anos), que reduz pela metade as recompensas em bitcoins que os mineradores recebem por verificar transações. Essa redução foi desenhada desde a concepção do Bitcoin para proteger seu valor e assegurar sua escassez ao longo do tempo, replicando o suprimento limitado de metais preciosos como o ouro. A expectativa do mercado é que o próximo halving aconteça em abril deste ano.


A aprovação do ETF (fundo negociado em bolsa) do Bitcoin


A novidade já injetou entusiasmo no mercado, mas também valida o valor essencial do Bitcoin como um ativo sólido equiparável a prata e ouro. Nesse sentido, a capitalização de mercado do ETF do Bitcoin (mais de US$39 bilhões) já superou o do ETF da prata (aproximadamente, US$12 bilhões) e se encontra abaixo do ETF do ouro (cerca de US$97 milhões). Esse instrumento também oferece uma via tradicional para que investidores institucionais participem do crescimento do Bitcoin e fortaleçam a perspectiva a longo prazo do ativo e das indústrias que o cercam. 


Os ciclos de preço do Bitcoin


Esses ciclos, que costumam começar com o halving, têm sido consistentes com períodos de crescimento prolongado e têm sido marcados por alcançar sua máxima histórica e depois se estabilizar. O preço mais alto foi de US$68 mil, obtido em novembro de 2021, no mesmo ciclo em que estamos hoje, e que anteriormente se aproximava de US$7 mil.


"Estamos em um momento emocionante na história do Bitcoin com o halving e sua exposição em mercados tradicionais, através dos ETFs. O halving é importante pois os setores se regem pelos comportamentos de oferta e demanda; e o mercado do Bitcoin, assim como o do ouro, está composto por estas forças. Existem dois tipos de oferta: a secundária, composta por BTC comprados e vendidos; e a primária, composta por BTC minados e vendidos, que será reduzida pela metade por volta de 18 de abril de 2024. Além disso, o Bitcoin tem demonstrado sua capacidade como reserva de valor e tecnologia várias vezes ao longo dos últimos anos. Nos últimos meses temos visto mais pessoas e instituições agindo de acordo com esta realidade. Na Bitso, temos orgulho em oferecer a opção mais segura e simples para que milhões de pessoas na América Latina possam adquirir esta e outras criptomoedas", comenta Andrés Salcedo, Head de Cripto na Bitso.

5 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
banner-fincatch.png
bottom of page