top of page
  • Foto do escritorFincatch

Celcoin compra Finansystech e marca o terceiro exit da Captable




O chamado “exit” (saída) é o ponto alto do ciclo de investimentos realizados via equity crowdfunding, pois sinaliza o sucesso de uma rodada e garante retorno aos investidores. Hoje a Celcoin, fintech de BaaS e infraestrutura financeira, anunciou a aquisição de 100% da fintech Finansystech, startup que oferece soluções open finance. Trata-se do terceiro exit da história da Captable, plataforma líder de investimentos em startups.

Quando realizou sua campanha de captação via Captable no final de 2021, a Finansystech era avaliada em R$35,7mi e atraiu um total de 136 investidores em uma rodada ancorada pela Darwin Aceleradora. Foi aportado um valor total de R$2,49mi em três horas, um recorde na época. Pouco mais de um ano, a fintech é adquirida com um valuation de R$85 mi, número que aponta uma valorização de 238%.

A Finansystech é a terceira startup entre as 59 que já participaram de captações via Captable que consegue completar a jornada do venture capital que começa com o aporte e termina com o exit. Via de regra, os exits levam um tempo bem maior para serem concretizados, pois é preciso que elas estejam maduras o suficiente para atraírem quem façam as aquisições. Esse tempo pode ir de 5 até 10 anos.

Mas como o mercado de equity crowdfunding é relativamente novo - regulamentado em 2017 pela CVM - a Captable tem registrado alguns comportamentos que vão se tornando comuns no setor. Um deles é o chamado “early exit”, que é quando a startup consegue chegar muito mais cedo a um anúncio de compra em relação àquelas que seguem o roteiro tradicional do investimento em inovação.

Exemplos concretos desse comportamento foram registrados na própria Captable. Em 2021 o Alter foi adquirido pelo Méliuz oito meses depois de passar por todo o processo de captação via crowdfunding. Já a Wuzu fez a sua rodada pela plataforma em novembro de 2020 e a 2TM anunciou sua compra em março de 2022. A operação entre Finansystech e Celcoin é o maior exit já registrado pela Captable e também o que mais garantiu dividendos aos investidores, que na época poderiam fazer aportes com valores a partir de R$1.000,00.

“A compra da Finansystech pela Celcoin é mais uma prova de que o crowdfunding traz excelentes oportunidades e que a seleção da Captable está afiada para encontrar as próximas candidatas a um exit”, afirma Paulo Deitos, CEO da Captable.

40 visualizações0 comentário

Commenti


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page