top of page
  • Foto do escritorFincatch

Fintech disponibiliza antecipação salarial para livrar os trabalhadores do cheque especial




A ContaFuturo, fintech que nasceu com a missão de lutar contra o dinheiro negativo, oferece um serviço para evitar que as pessoas caiam no endividamento. O “Ponte Salário” é disponibilizado em parceria com a iniciativa privada e destinado ao trabalhador que precisa solicitar parte do pagamento para fugir do rotativo do cartão de crédito ou cheque especial, que podem ajudar no curto prazo, mas são considerados uma verdadeira armadilha financeira. Com ele, o trabalhador tem acesso a até 40% do seu salário antes da data estabelecida para recebimento.


De acordo com dados do Banco Central (BC), a inadimplência no rotativo do cartão de crédito para pessoas físicas cresceu 9 pontos percentuais em 2022. Com isso, ela chegou a 44,7% no fim do ano passado, a maior taxa da série histórica elaborada pela instituição desde março de 2011. Já em relação ao cheque especial, a inadimplência subiu para 13,4%, a maior desde setembro de 2020. O número representou um crescimento de 1,9 ponto percentual nos últimos 12 meses.


Felipe Gomes, CEO da ContaFuturo, explica que o objetivo do Ponte Salário é prevenir dívidas futuras, permitindo que o colaborador receba parte do salário antes do dia de pagamento para cobrir imprevistos. O serviço ajuda a evitar que a pessoa precise recorrer a linhas de crédito com juros elevados.


“O Ponte Salário se caracteriza pela antecipação de parte do pagamento mensal como forma de prevenção para dívidas futuras. Esse serviço permite que o colaborador receba parcela da sua remuneração mensal antes do dia do pagamento, já que imprevistos não costumam ter data para acontecer”, explica Felipe Gomes, CEO da ContaFuturo.


Hoje, a ContaFuturo atende mais de 50 empresas parceiras e quitou mais de R$ 10 milhões em dívidas para mais de 3000 famílias, através do crédito privado. A fintech recentemente captou R$ 20 milhões de investidores institucionais, que serão usados para expandir a operação de crédito.


"Nossa missão vai além de emprestar dinheiro, estamos compartilhando ferramentas para ajudar o trabalhador em momentos adversos, sem pressionar o orçamento", finaliza Felipe Gomes.

182 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page