top of page
  • Foto do escritorFincatch

Fintech disponibiliza R$ 50 mi para financiamento de equipamentos agrícolas novos




Enquanto boa parte da população urbana ainda curte férias, no campo os trabalhos não param. Pensando nos produtores que ainda precisam de crédito para adquirir equipamentos novos para colher a safra ou plantar a próxima safrinha, a fintech AgroPermuta passa a disponibilizar R$ 50 milhões para financiamentos. Além das facilidades na contratação e aprovação do crédito, a empresa oferece taxas de juros mais competitivas que as praticadas no mercado, a partir de 1,35% ao mês.


De acordo o administrador Rui Almeida, diretor comercial da AgroPermuta, mesmo havendo máquinas nas concessionárias a pronta entrega, o mercado de crédito agrícola está travado e desde o final do ano passado muitos produtores esbarram na falta de subsídios. “A boa notícia é que há boas alternativas como as da AgroPermuta, disponibilizamos aos agricultores uma linha de financiamento própria, desenvolvida justamente para quem precisa do bem de imediato”, diz.


A solução da fintech foi criada como uma opção aos fabricantes, revendas e distribuidores para que possam oferecer aos seus clientes uma possibilidade financeira própria. Para obter o crédito, o produtor passa pela análise financeira, de forma simples e descomplicada e totalmente digital. A aprovação do cadastro acontece em até 48 horas. Após a formalização (assinaturas), que são 100% digitais, a fintech cuida das partes de cartório e registro.


Segundo o diretor comercial, a linha de financiamento da AgroPermuta prevê uma entrada e o restante é dividido em até 5 parcelas semestrais alinhadas com a safra e a safrinha. Outra grande vantagem ao produtor é que a fintech exige como garantia apenas a CPR financeira de grãos e a máquina em si. “Assim o cliente não precisa se preocupar com nenhum tipo de hipoteca de imóveis, terra ou comprometimento com o limite bancário, tendo total tranquilidade de planejar sua safra futura”, finaliza o diretor.

13 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page