top of page
  • Foto do escritorFincatch

Fintech mineira de crédito consignado fatura R$ 100 milhões e cresce 25%




Imagine poder realizar o sonho da casa própria, do carro, ou do diploma da faculdade com apenas pequenos ajustes no orçamento. Para quem precisa de um recurso extra para chegar lá, o crédito consignado é uma solução sustentável e com os menores custos do mercado. . E o sucesso da modalidade só é possível em virtude de plataformas tecnológicas que trazem custos mais baixos para esse tipo de operação. Por vezes desconhecidas do público em geral, essas empresas de tecnologia, as Fintechs, aumentam a segurança e compliance com a proteção de dados pessoais, tudo isso de forma digital e muito ágil.


Este é o caso da Zetra, fintech especializada em soluções para o bem-estar financeiro dos trabalhadores que é a empresa privada detentora do processamento da maior carteira de consignado do país. Ao longo de 22 anos, mais de R$ 100 bilhões já foram concedidos em crédito consignado a profissionais de todo o Brasil por meio da plataforma. Com isso, a empresa transforma as expectativas dos trabalhadores em sonhos realizados, valendo-se de um software que otimiza o trabalho tanto das instituições financeiras quanto dos departamentos de Recursos Humanos de entidades públicas e privadas. Ali, os colaboradores possuem acesso a um menu de benefícios, repleto de produtos e serviços relevantes para o seu dia a dia — além de crédito consignado — com pagamento em folha e com preços bastante competitivos.


“O colaborador pode utilizar até 35% de seu salário, que é a margem consignável. Por isso, nossa plataforma faz a conexão entre os RHs, os trabalhadores e as instituições financeiras, para que a operação seja segura, digital e sustentável, aumentando, na prática, o poder de compra do trabalhador”, explica o presidente da Zetra, Flávio Náufel.


Conheça a história


“Já éramos fintech quando o termo nem existia. Somos a empresa do segmento mais bem avaliada pelos órgãos que regulamentam nosso segmento por oferecermos segurança de informação, digitalização e governança, por exemplo, tirando sempre a nota máxima em todos os quesitos”, destaca Náufel. “A ideia deu muito certo, integrando as folhas de pagamento aos movimentos de empréstimos dos bancos”.


Com sede em Nova Lima (MG) e com filiais físicas e remotas em todo o país, a fintech coleciona números robustos desde sua concepção e a criação do Portal eConsig. A empresa foi idealizada por dois irmãos nos anos 2000, com o intuito de suprir a deficiência do mercado de consignados e preencher o vácuo que separava trabalhadores do acesso ao crédito. Hoje, a Zetra soma mais de 6 milhões de CPFs cadastrados em sua base, mais de 450 clientes e faturamento acima de R$ 100 milhões em 2022, crescendo 25% em comparação ao ano anterior.


Sempre inovadora, a Zetra consolidou seu crescimento com sua spin-off, a SalaryFits, criada em 2016, a qual, por meio de uma plataforma, oferece diversos benefícios que ajudam o RH a melhorar o bem-estar financeiro dos seus colaboradores. A empresa mantém, ainda, atuação em países como Brasil, México, Itália e Reino Unido. Para dar conta de que tudo flua com perfeição, atuam na startup cerca de 250 colaboradores, sendo 200 brasileiros e o restante nos países onde a marca atua.


A Zetra ainda foi a pioneira ao conquistar a certificação ISO 37001, norma internacional conforme o escopo Gerenciamento do Sistema de Gestão Antissuborno, incluindo implementação, monitoramento e melhoria contínua dos processos da Alta Direção, comerciais, financeiros, jurídicos e contratuais da matriz em Nova Lima, com atuação em todo o território nacional. A empresa ainda possui a ISO 27001 (Segurança da Informação) e a ISO 9001 (Qualidade).


Para quem é


Conforme o presidente da Zetra, “a vocação da empresa nasceu no setor público por conta dos convênios iniciais”, mas, com o tempo, a solução vem rompendo o escopo. O entendimento é de que, se há dificuldades na área pública, há também na privada. Assim, embora atenda maciçamente a governos de estado, prefeituras, Tribunais de Conta e Forças Armadas, a Zetra também vê com bons olhos os grupos privados.


“O único ponto é a dificuldade maior que o colaborador de empresa privada pode ter, ou seja, o risco de crédito mais agravado. Ele não tem a estabilidade que se tem no setor público. Mas com nossa tecnologia e expertise as instituições financeiras têm agido de forma muito eficiente na expansão desse mercado, tendo ótimos resultados”, compartilha Náufel. “Hoje, temos muitas empresas privadas que têm muita similaridade na necessidade de infraestrutura de tecnologia das entidades públicas”, completa, citando como referência um recente contrato fechado com a Rede D’Or de hospitais.


Social


Para o presidente da Zetra, a oferta de um consignado com taxas baixas desafoga vários gargalos. Para os bancos, afirma Náufel, o portal evita que eles se exponham ao risco de inadimplência. Para as empresas, a parceria possibilita mais benefícios de crédito aos seus profissionais, quando eles precisarem. Para o colaborador, Náufel vai além e diz que o crédito é a possibilidade de conquistas e até redução do endividamento. “O crédito que possibilitamos é o momento de realizar sonhos das pessoas e sair de uma dívida de juros altos, como cheque especial, por exemplo”, cita.


Alguns números da Zetra

  • Mais de R$ 100 bi administrados

  • Mais de 450 clientes

  • Spin-off com atuação internacional

  • Cerca de 6 milhões de CPFs na base

50 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page