top of page

Henrique Meirelles fará palestra de abertura do Digital Finance Brasil


palestra


Presidente do Banco Central do Brasil nos dois mandatos do presidente Lula, entre 2003 e 2011, e ministro da Fazenda do governo de Michel Temer, entre 2016 e 2018, Henrique Meirelles vai realizar a palestra de abertura da primeira edição do Digital Finance Brasil, no Blockchain SP + SciBiz, em parceria com a Ethereum Brasil e a Universidade São Paulo que será realizado no Campus da USP nos dias 22 e 23 de junho e vai promover uma discussão profunda sobre o Real Digital e CBDCs, além de abordar os aspectos que envolvem a adoção das soluções baseadas na tecnologia blockchain nas arquiteturas financeiras e meios de pagamento digitais reunindo bancos, fintechs, BACEN, CVM, gateways de pagamento, blockchains e aplicativos descentralizados para discutir inovações em Ativos Digitais, Pagamentos e Moedas. Um fórum inclusivo projetado para facilitar conversas sobre o futuro das finanças no Brasil e seu impacto global.


Segundo Francisco Carvalho, CEO e idealizador do Blockchain Festival, a participação de Meirelles no Digifi reforça o compromisso do evento em reunir os principais nomes do mercado para discutir a implementação do Real Digital, a primeira moeda virtual oficial do Brasil que deve ser disponibilizada ao público até o final de 2024. “O Henrique Meirelles é um dos conselheiros do governo na área econômica e participa de debates sobre a economia latino-americana e mundial, além de defender a integração econômica na América Latina e o fortalecimento das instituições financeiras regionais, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Por tudo isso, é um nome muito importante para aprofundar o debate sobre o tema e, ainda, alertar sobre a necessidade de reformas estruturais que visam garantir a estabilidade econômica”, destaca.


Henrique Meirelles foi o presidente do Banco Central que ficou mais tempo no cargo, entre 2003 e 2011, um período de crescimento econômico, geração de empregos e controle da inflação. Entre 2016 e 2017, comandou o Ministério da Fazenda, tirando o Brasil da maior recessão da história e promovendo avanços institucionais, como a limitação dos gastos públicos, a nova Lei das Estatais e a reforma trabalhista. No setor privado, trabalhou por 28 anos no BankBoston, chegando ao posto de presidente mundial do banco, único brasileiro a atingir esse nível de direção na história. Meirelles também foi chairman do banco de investimentos Lazard Americas e senior advisor da gestora global KKR e fez parte dos conselhos de administração do Lloyds of London e da Azul Linhas Aéreas, além de outras empresas como a Raytheon Corporation, Bestfoods, Champion International, BankBoston Corporation e FleetBoston Financial. Também foi membro dos conselhos da Harvard Kennedy School of Government, da Sloan School of Management do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT) e da Carroll Scholl of Management do Boston College.


Além de Henrique Meirelles, o evento vai reunir nomes como Rodrigoh Henriques, diretor de inovação da Fenasbac; João Paulo Aragão Pereira, especialista sênior em tecnologia e inovação da Microsoft - que recentemente apresentou uma tecnologia para liquidação de ativos tokenizados que visa criar uma ponte entre o Real Digital e redes blockchain externas fora do controle do Banco Central, como o Ethereum (ETH); Rafael Bianchini, coordenador de regulação de riscos financeiros de Infraestruturas do Mercado Financeiro do Banco Central do Brasil; Evelyne Yao, especialista em Estratégia e Inovação do Banco B.V.; Daniel Maeda; Superintendente de Supervisão de Investidores Institucionais da CVM; Andre Portilho, Head de Ativos Digitais do BTG Pactual; entre outros.


O debate é fundamental para o desenvolvimento e evolução das Finanças Digitais. Este evento tem um papel fundamental neste debate e tenho grande satisfação de estar participando do mesmo”, conclui Meirelles.

Blockchain SP + SciBiz


Após grande sucesso do Blockchain Rio, evento realizado de 1 a 4 de setembro de 2022 que reuniu mais de 400 nomes importantes do cenário blockchain em uma imersão tecnológica e educacional com estrutura de cinco palcos distribuídos pelos 13.500m² dos galpões do Píer Mauá, no Rio de Janeiro, com uma média de 5 mil visitantes por dia, o CEO e idealizador do Blockchain Festival, Francisco Carvalho, decidiu levar o evento para o Campus da USP, a única universidade da América Latina a figurar entre as 100 instituições com maior reputação acadêmica do mundo.


Maior convenção sobre blockchain da América Latina, com 14 eventos paralelos, entre eles o Digital Finance Brasil, o Blockchain SP + SciBiz acontece entre os dias 20 e 23 de junho, em parceria com o SciBiz, no Campus da USP. O evento será um grande hub de negócios, palestras que variam de noções básicas a mergulhos setoriais profundos nas implicações globais dessa tecnologia emergente e painéis, e irá promover inúmeros eventos dedicados à tecnologia, ciência, negócios, educação, inovação e ativos digitais onde grandes empresas, acadêmicos e autoridades se reunirão para vivenciar o futuro das transações financeiras - da revolução Blockchain ao Real Digital – e compartilhar conhecimento, criar soluções e gerar oportunidades de negócios.


Blockchain SP + SciBiz será um evento do mercado que contará com a presença de lideranças de grandes bancos e empresas multinacionais. Estamos levando o mercado para dentro do universo acadêmico para criar esse cross e discutir temas atuais”, destaca Francisco Carvalho.


Durante os quatro dias de Blockchain SP Festival, os visitantes terão acesso a Painéis com a participação das principais lideranças nacionais e internacionais que irão debater os temas mais relevantes do Brasil e do Mundo; uma Business Fair, com as melhores soluções de produtos, serviços e processos em sustentabilidade selecionadas para apresentarem suas soluções nos corredores do evento em stands; um amplo Showroom de Tecnologias, com a curadoria da coordenação do SciBiz e presença de cientistas brasileiros que irão apresentar suas invenções com potencial de serem transformadas em inovações para o mercado; Desafios, onde empresas de grande porte vão apresentar suas dores e lançar desafios para que startups proponham soluções. As melhores soluções serão premiadas; além do Tech Recruting, uma conexão de profissionais de tecnologia com empresas que buscam preencher seus quadros técnicos.

Ingressos


3 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page