top of page

Integrador de apps bancários é novo passo para Open Finance

Atualizado: 27 de mar.


open finance


Anunciado pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, a implementação de um "super app" que agregará todos os bancos em um mesmo local deve ocorrer até 2025. Este anúncio promete impactar de forma significativa a sociedade brasileira, remodelando a interação dos clientes com os aplicativos bancários.


De acordo com o segundo volume da pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária, 77% de todas as 163,3 bilhões de transações bancárias feitas em 2022 foram realizadas por app ou pela internet, números que evidenciam a alta aderência da sociedade brasileira ao avanço da tecnologia.


“No contexto do Open Finance, onde a competição entre as Instituições Financeiras é fortalecida, esse "concentrador" pode intensificar a necessidade de adaptação dessas instituições, tornando-as mais sensíveis a essa transformação”, explica Wellington Silva, gerente de produtos C&M Software.


A criação do "super app" implicará desafios significativos para os bancos, especialmente no contexto de garantir a adequação com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Embora a concentração de informações de diferentes bancos em um único local ofereça benefícios, também aumenta os desafios relacionados à segurança e ao vazamento de informações sensíveis.


Novo selo da C&M Software: Crystal impulsiona Open Finance no Brasil


Diante deste cenário, a C&M Software, primeira PSTI (provedora de serviços de tecnologia da informação) do Brasil, apresenta a "Crystal," um inovador integrador de aplicativos bancários. Desenvolvida para oferecer uma visão abrangente dos investimentos, a Crystal fornece relatórios detalhados com indicadores de evolução passada, presente e futura.


“A Crystal é um integrador dos aplicativos de bancos. A aplicação coletará as informações da mesma forma que o super app promete. Assim o gestor da conta poderia ter uma visão global da sua vida financeira, desde seus extratos até seus investimentos”, comenta Wellington.


O sistema é uma solução abrangente que simplifica a gestão financeira para empresas de todos os tamanhos e setores. A funcionalidade ‘Crystal Pix’ destaca-se ao substituir o uso de boletos para cobranças, promovendo uma economia significativa nos custos associados à emissão de boletos.


A funcionalidade permite ainda que usuários PJ (Pessoas Jurídicas) abandonem o uso tradicional de boletos para cobranças. Ao realizar a função de cobrança, o aplicativo facilita o processo, permitindo que os estabelecimentos enviem pedidos de pagamento, e os clientes autorizem os débitos de forma eficiente. Essa inovação não apenas simplifica os processos, mas também reduz os custos recorrentes relacionados aos pagamentos empresariais.


A Crystal não será apenas uma ferramenta eficaz para empresas, mas também desempenhará um papel importante no avanço do Open Finance no país, de acordo com o especialista. “A Crystal ajudará a aumentar a aderência e compreensão do que o Open Finance propõe como projeto”, finaliza.




49 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page