top of page

MB estreia nas pistas de corrida com token lastreado na carreira do filho de Emerson Fittipaldi

Atualizado: 5 de abr.


filho de Emerson Fittipaldi


O token de renda variável digital estreia nas pistas de corrida neste início de ano. O Mercado Bitcoin, maior plataforma de ativos digitais da América Latina, está lançando um token com lastro nos direitos financeiros da carreira do piloto Emmo Fittipaldi, filho mais novo do bicampeão mundial de F1 e das 500 Milhas de Indianápolis, Emerson Fittipaldi. Nos próximos dias 10 e 11 de janeiro, Emmo, de 16 anos, participa dos testes de pré-temporada da Fórmula Regional do Oriente Médio (FRMEC) de 2024, que acontecem no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos.


O EMMOF01, código do produto na plataforma MB, é voltado para os amantes do esporte e que pretendem investir na carreira do Emmo. O token, que representa 3% dos direitos de imagem, patrocínios, prêmios de corrida e publicidade ligados ao piloto, pagará até 2035 dividendos semestrais para os investidores. Seguindo a política do MB de democratizar o acesso a produtos financeiros disruptivos, o valor mínimo de investimento é de R$ 100. 

 

Os compradores do token desempenham um papel fundamental para impulsionar a carreira do Emmo Fittipaldi, fornecendo o suporte financeiro necessário para que ele tenha o máximo de desempenho possível em sua jornada até chegar na Fórmula 1.

 

Para reforçar a estrutura legal da operação foi criada uma empresa brasileira assegurando um ambiente jurídico sólido, para todas as partes envolvidas na operação. Essa empresa tem um acordo entre o Gerente do Piloto e o próprio piloto  garantindo que os detentores dos tokens recebem a porcentagem proporcional ao valor que investiram.

 

“A tecnologia blockchain permite a criação de produtos disruptivos que aliam a paixão por um esporte ou obra de arte, por exemplo, com a possibilidade de ganhos financeiros. O EMMOF01 é uma oportunidade única para essas pessoas, porque é um token que tem um vencimento bastante longo, mas está lastreado na carreira de um piloto muito novo e talentoso”, explica Reinaldo Rabelo, CEO do MB. O executivo lembra que os tokens ainda podem ser negociados no mercado secundário, dentro da plataforma do Mercado Bitcoin. “Essa liquidez é muito importante para o investidor não se sentir amarrado ao token até o vencimento”.

 

A equipe do MB, que estruturou o token, em cooperação com a Nexto Finance e a Sapiensmind, avaliou diversos cenários de retorno usando como base o desempenho que o piloto poderá ter ao longo dos próximos anos. No mais otimista, os investidores poderiam ter um ganho de 42,54% ao ano. Já a projeção mais pessimista avalia que os detentores dos tokens poderiam ter uma perda de 5,09% ao ano.

 

Enquanto o investidor pode receber retornos expressivos, o atleta ganha com a operação. Emmo poderá usar os recursos captados com a venda dos tokens para investimentos em tecnologia para a equipe ou acompanhamento físico e psicológico. 

 

“É um grande prazer e orgulho poder lançar este produto no mercado de investimento digital. Acreditamos que seja mesmo um artigo revolucionário, que contribui não somente para o desenvolvimento da carreira do Emmo, a qual confiamos que será de muito êxito, mas também resulta em ganhos a todos que contribuírem investindo e adquirindo o token”, afirma a equipe do piloto.  

 

Depois do teste de pré-temporada, Emmo terá pela frente 5 etapas pela FRMEC. A primeira será no mesmo circuito de Yas Marina e acontece entre os dias 12 e 14 de janeiro. De 19 a 21 deste mês, Emmo voltará ao mesmo circuito para a segunda etapa. A terceira será no Autódromo de Dubai entre os dias 2 e 4 de fevereiro. A etapa quatro será, outra vez, em Yas Marina, de 9 a 11 de fevereiro. A última será novamente no Autódromo de Dubai (16-18 de fevereiro).

 

Vale lembrar, ainda, que, nesta terça-feira (9), o piloto foi confirmado na MP Motosport, uma equipe neerlandesa, considerada uma das melhores de automobilismo nas equipes de Fórmula 2 e Fórmula 3 da FIA, categorias de formação para a F1. 

 

A FRMEC, campeonato certificado pela FIA, a Federação Internacional de Automobilismo, é uma competição em que o talento dos pilotos tem mais peso do que o conjunto mecânico à disposição deles. Isso porque todos os carros têm o mesmo chassi e o mesmo motor.   

 

Este ano, Emmo também vai participar EuroCUP F3, campeonato Europeu, que passa por SPA na Bélgica, RED BULL RING na Áustria, Portimão em Portugal, Paul Ricard na França, Zandvoort na Holanda e termina com 3 corridas em espanha; Motorland, Jerez e Barcelona.  

 


7 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page