top of page

Plataforma oferece crédito consignado para empresas que tenham a partir de 1 colaborador




Cerca de 70% das pessoas trocariam de empresa por uma que oferecesse o crédito consignado como benefício, mas apenas 10% das pequenas e médias empresas (PMEs) conseguem oferecer esta linha de crédito aos seus colaboradores. Foi cruzando esses dados, retirados de um estudo do BACEN, realizado em 2019, que a Fintech GooRoo Crédito e a Finnet, empresa pioneira em serviços de automação para a gestão financeira, se uniram para criar uma plataforma exclusiva com o objetivo de atender este público.


Em busca de apoio tecnológico e experiência no mercado de finanças, os criadores da GooRoo, Rodolfo Takahashi e Wagner Candido, firmaram sociedade com a Finnet, que ficou responsável por desenvolver a plataforma a partir de toda sua experiência no mercado. Já o suporte financeiro para alavancar o desempenho comercial do projeto ficou a cargo do fundo Buena Vista Capital.


“Além de ser uma empresa sólida, com cerca de 20 anos no mercado, a Finnet é muito atualizada, possui todo o material tecnológico necessário e conhece muito do mercado financeiro. Este suporte foi fundamental para criarmos uma plataforma inédita e totalmente diferente de tudo o que existe hoje no mercado. Somando toda a expertise desta sociedade ao investimento do fundo Buena Vista Capital, poderemos dobrar a nossa capacidade de crescimento”, explicam Takahashi e Candido.


Com menos de quatro meses de operação, a plataforma já possui mais de mil pessoas cadastradas, colaboradores de cerca de 70 empresas e está presente em regiões como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A expectativa é alcançar 5 mil convênios e 500 mil CLTistas na plataforma até o fim de 2023. “Nossa meta é, até 2026, sermos a maior geradora de crédito consignado privado do país. Devemos gerar cerca de R$150 milhões em crédito ao longo de todo o ano que vem”, afirmam os fundadores.


Lacuna de mercado


Segundo os fundadores da GooRoo Crédito, é muito comum que as grandes empresas ofereçam aos seus colaboradores o benefício do consignado privado, pois muitos bancos têm interesse em atender grupos de 10 mil ou 20 mil CPFs de uma vez só, e com um risco baixo de inadimplência. Mas nesta equação, as PMEs ficam de fora. “A Gooroo é a única fintech que atende qualquer porte de empresa, partindo de 1 funcionário.


Estamos aproveitando um vazio de rede no mercado, que é a falta de oferta de crédito para funcionários de empresas menores e que possuem esse direito garantido em lei”, afirmam os sócios. De acordo com a Lei 10820, o crédito consignado é direito de todos, mas no Brasil ainda há 30 milhões de CPFs que não foram contemplados, segundo dados do BACEN.


Para Marcos Bonfá, presidente e cofundador da Finnet, o projeto envolve tecnologia de ponta alinhada à expertise financeira para oferecer um sistema simplificado e fluido para o consumidor final. “Só é possível democratizar o acesso ao crédito para funcionários dessas pequenas empresas, que muitas vezes possuem dificuldade no relacionamento e negociação com bancos, por não terem uma receita expressiva, por meio da tecnologia e de ferramentas que possibilitem uma conexão mais ágil com todos os envolvidos. Com segurança da informação e toda a cartilha necessária para a operacionalização”, destaca.


O executivo vê a sociedade como uma parceria estratégica, já que o produto fortalece o objetivo da fintech em se aproximar das PMEs e reforçar seu pilar no segmento de consignados. Além do sistema GooRoo, a Finnet oferece também às pequenas e médias empresas as soluções Antecipag, focada em antecipação de recebíveis, e o Luna, que gerencia cobranças e recebimentos.


Processo rápido e 100% digital


De acordo com os criadores, o processo para aquisição do crédito é muito simples e 100% online. Por meio do site, o pequeno empresário realiza o cadastro da instituição e, na mesma plataforma, os colaboradores podem adquirir empréstimos respeitando o limite mensal por parcela de até 35% do salário comprovado com taxas bem mais baixas que as praticadas no cartão de crédito e no cheque especial. Todos os funcionários, mesmo os negativados (com restrições no SERASA e SCPC, por exemplo) podem contrair o crédito. Após a solicitação, a GooRoo faz uma análise junto ao RH da Empresa empregadora e, em até 1 (um) dia deposita o valor na conta do beneficiário.


De acordo com o CEO do fundo Buena Vista Capital, Renato Nobile, o projeto representa uma grande oportunidade de crescimento em um mercado ainda pouco explorado. "Em 2022, olhamos mais de 130 empresas e a GooRoo é o nosso 3º investimento do ano. Sempre buscamos excelentes projetos, mas principalmente liderados por uma equipe diferenciada e experiente. Além do setor e tecnologia diferenciada da GooRoo, foi solucionada uma dor muito grande no mercado, que é prover crédito acessível para funcionários das PMEs no Brasil”, explica.


“Nossa expectativa é um crescimento acelerado, pelo tamanho do mercado, mas também de forma muito organizada para aproveitar todas as oportunidades dentro do ecossistema. Acreditamos de verdade que a GooRoo será uma referência entre as Fintechs no Brasil”, completa.

5 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page