top of page
  • Foto do escritorFincatch

Black Friday 2023: Descubra quais evoluções de pagamentos que não podem faltar no seu negócio


promoção

Considerado um dos períodos mais importantes para o comércio, seja ele físico ou eletrônico, a Black Friday torna-se um dos momentos essenciais para as empresas, pois é capaz de aumentar a receita e a lucratividade, garantir a fidelidade dos clientes, além de outros. Por este motivo, também se faz primordial adotar uma série de iniciativas para o período. Entre elas, a adoção de soluções modulares nos meios de pagamentos, uma vez que elas tornam a experiência de compra do consumidor mais fácil, prática, rápida e segura.


Nesta linha, o Infográfico Panorama do Consumo na Black Friday 2023, realizado pela PiniOn, revela o cenário esperado nos meios de pagamentos para a Black Friday deste ano. Entre os principais, o cartão de crédito aparece como o primeiro meio de pagamento na escolha dos brasileiros. Para 57% deles, pela possibilidade de parcelamento e, para 19%, pela oportunidade de ter o dinheiro de volta (cashback). Já o Pix, é o segundo mencionado na pesquisa. Para 33%, pela modalidade ser mais rápida e simples e, para 26%, também pelo cashback.


“Embora não seja o primeiro a ser mencionado na pesquisa, o Pix traz inúmeras vantagens para as empresas, uma vez que é possível gerenciar diversas soluções na modalidade, como, por exemplo, inseri-lo em um boleto bancário, fazer o pagamento por aproximação na máquina do cartão de crédito, e até sugerir o pagamento por Pix via QR Code”, conta Patrícia Esteves, CCO da Zoop, fintech líder em serviços financeiros. De acordo com a especialista, em datas comemorativas e/ou sazonais, como a Black Friday, o comércio chega a perceber um crescimento de 30% no uso do Pix nestes períodos.


Segundo o recente relatório de Gestão do Pix divulgado pelo Banco Central, o meio de pagamento apresentou um expressivo crescimento de 107% no último ano. Os números revelam que mais de 11,9 milhões de empresas em todo o país utilizam essa modalidade de pagamento.


Desta forma, para ter mais assertividade nas melhorias do uso do Pix pelas empresas, a fintech orienta antecipar-se e já apostar nas iniciativas. “A adesão a estes novos recursos garante uma vantagem competitiva para as empresas. O meio de pagamento já traz uma redução dos custos com as taxas de transação em comparação com outros métodos de pagamento, bem como o alcance de um maior número de clientes. Inserindo um maior número de soluções personalizadas, consequentemente, as empresas sairão ganhando com a escolha”, pontua Patrícia.


Confira as cinco principais soluções modulares para o Pix:


1 - Boleto com Pix


A integração do boleto com a opção de pagamento via Pix traz mais comodidade ao cliente, pois permite que ele se programe, na data definida pelo estabelecimento, para realizar o pagamento.


2 - QR Code


Também permite que as empresas gerem um QR Code exclusivo para realizarem o pagamento via Pix.


3 - Iniciador de Pagamentos


Permite que os clientes realizem pagamentos com Pix online sem precisar sair do aplicativo ou do site do estabelecimento. A inovação reduz significativamente o abandono de carrinho de compras, pois diminui de oito etapas de transição manual para cinco etapas automáticas no processo de pagamento.


4 - Split de Pagamentos para Pix


O split é uma funcionalidade tecnológica que permite a divisão dos valores pagos pelo consumidor entre diferentes vendedores. Isso gera uma série de benefícios, tanto para o comprador, como para as plataformas de e-commerce, como o cancelamento de apenas uma parte da sua compra, sem invalidar o carrinho como um todo. O marketplace pode manter uma venda parcial, mesmo que um dos vendedores contratados não tenha mais o item para entrega, por exemplo.


5 - Confirmação imediata da compra


Com a confirmação do pagamento em tempo real, o consumidor recebe seu pedido mais rápido e o estabelecimento vendedor não precisa manter o produto reservado em estoque enquanto aguarda a efetivação do pagamento.

8 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page