top of page

Inteligência Artificial, Cross Industry e Open Finance ganham destaque no Febraban Tech 2024


Febraban Tech 2024

O Febraban Tech 2024, um dos maiores eventos de tecnologia e inovação no setor financeiro da América Latina, acontece de 25 a 27 de junho, e se prepara para discutir temas de vanguarda que estão moldando o futuro do segmento. 


Um dos temas de destaque é o conceito de Cross Industry, especialmente no contexto do Open Finance, destacando como o digital está expandindo e conectando diversos setores da economia.


O conceito de Cross Industry refere-se à integração e colaboração entre diferentes setores para criar novas oportunidades de negócio e inovação. Com a digitalização e a disponibilidade crescente de dados, indústrias que antes operavam isoladamente agora podem se conectar e explorar sinergias que antes eram inimagináveis.


No cenário do Open Finance e Open Insurance, essa integração se torna ainda mais crucial, considerando que a troca e uso de dados entre esses setores estão redefinindo a forma como produtos e serviços são oferecidos e consumidos no mercado. Para se ter uma ideia, o  Open Finance no Brasil está projetado para crescer a uma taxa composta anual de 24,4% até 2025, segundo o relatório da Strategy&, consultoria associada à PwC Brasil


Para o Diretor de Negócios da Lina Open X, Murilo Rabusky, a abertura de dados financeiros e de seguros permite uma visão precisa do perfil dos clientes e possibilita a criação de soluções personalizadas e eficientes. “Empresas que conseguirem aproveitar essa interconexão terão uma vantagem competitiva significativa, podendo oferecer produtos e serviços que atendam melhor às necessidades dos consumidores”, acrescenta.


Desafios e benefícios de explorar o Cross Industry no Open Finance/Insurance


Na indústria financeira, assim como no setor de seguros, dados históricos e informações a respeito do perfil financeiro dos clientes representam o insumo básico para a oferta de produtos e serviços. O Open Finance/Insurance desbloqueia e torna acessível aos players do mercado um conjunto de dados e informações que antes não eram disponibilizados. 


“É como se a matéria-prima para fabricação de um determinado produto agora estivesse  igualmente acessível  a todos os interessados em fornecer este produto no mercado. A grande questão agora é saber como aproveitar este acesso facilitado para criar diferenciais competitivos e se destacar da concorrência. Estamos diante de um verdadeiro mar azul de oportunidades, e quem souber navegar neste novo contexto certamente estará milhas à frente dos competidores”, analisa Murilo. 


O diretor ainda comenta que as seguradoras e bancos são empresas muito avançadas na utilização de dados e modelos analíticos complexos em seus processos de avaliação de riscos. Ao mesmo tempo, são empresas que sofrem historicamente com índices elevados de fraudes e inadimplência. 


“Falando apenas do mais básico, grande parte das operações de crédito e financiamento possui um seguro atrelado, assim como toda operação de seguro possui um fluxo de pagamento vinculado. Cruzar informações financeiras e de seguros já é uma prática em ambos os segmentos. Fazer isso de forma acurada, digital e em tempo real, é benéfico e gera eficiências significativas tanto para os bancos quanto para as seguradoras”, declara Rabusky. 


Segundo Murilo, entre as oportunidades, destaca-se a possibilidade de inovação nos produtos e serviços oferecidos, melhoria na avaliação de riscos e na prevenção de fraudes, além de maior eficiência operacional. Contudo, esses benefícios vêm acompanhados de desafios importantes, como a necessidade de garantir a segurança e a privacidade dos dados, adaptar-se a novos regulamentos e desenvolver habilidades tecnológicas avançadas.


O Febraban Tech 2024 promete ser um palco vibrante para a discussão desses temas, reunindo especialistas, empresas e stakeholders do setor financeiro e de seguros para explorar como a Inteligência Artificial e outras tecnologias estão transformando e conectando mercados.


Confira, abaixo, todas trilhas do Febraban Tech em 2024


  • IA Responsável: confiança, segurança e a transformação nos negócios;

  • Open Finance, Pix... Brasil molda cenário financeiro global;

  • DREX: oportunidades e tendências emergentes na economia tokenizada; 

  • A visão futura dos bancos na garantia da cibersegurança;

  • A inteligência de dados na decisão da fidelidade do cliente; 

  • Velocidade, confiabilidade e inteligência da conectividade impulsionam próxima geração de serviços financeiros;

  • Cross industry: o digital expande e conecta mercados; 

  • Agilidade, eficiência e custo como meta na multiplicação da nuvem; 

  • Agro 5.0 e o papel transformador da tecnologia financeira;

  • Empatia + tecnologia: o novo profissional do presente; 

  •  O caminho ESG no Brasil – transição, inclusão e equidade;

  • Parceria fintechs e bancos fortalece setor e promove inclusão. 


13 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
crowdtech
bottom of page